Artigo de Dr Bruno Varotto.
31 de janeiro de 2018
Show all
Pós operatório em cirurgia de Varizes

PÓS OPERTÓRIO em cirurgia de Varizes de Membros inferiores

 

Material destinado a pacientes

 

Mitos e Fatos

 

Doutor, como é o repouso depois da cirurgia das varizes ?

Doutor , vou ter de ficar deitada sem poder levantar depois da cirurgia das varizes ?

É muito comum ,no consultório de um cirurgião vascular, ouvir  de pessoas que serão submetidas a um procedimento de cirurgia de varizes de membros inferiores, que estão preocupadas com o repouso.

Esta preocupação  baseia-se na dificuldade de se afastar do trabalho por muitos dias e também na necessidade de cuidar das múltiplas tarefas domésticas( filhos, refeições, limpeza da casa , etc ). Preocupações , logicamente, tanto de homens quanto de mulheres.

Antigamente era conduta médica rotineira o repouso prolongado após uma cirurgia de varizes. Os motivos principais para isso estão mais ligados às técnicas mais invasivas e agressivas.

Hoje muita coisa mudou. Houve melhora tanto das técnicas anestésicas quanto das técnicas cirúrgicas.

Quanto à cirurgia, talvez o maior avanço que tivemos nos últimos anos foi o surgimento do laser para o tratamento da safena. Até então , a técnica mais utilizada era a retirada ( stripping ) da safena, técnica que apesar de muito efetiva provocava muita dor no pós-operatório , fato que atrasava a recuperação e retorno às atividades diárias. Hoje com o laser , não é necessário mais os cortes , sendo feita a introdução da fibra do laser através de apenas um furo ( punção ). Por esta técnica , não é necessário a retirada da safena, sendo realizada uma “queimadura  da safena apenas na parte interna, promovendo danos mínimos aos tecidos vizinhos, causando pouca ou normalmente nenhuma dor no pós-operatório.

O mesmo acontece no tratamento das varizes e da safena pela técnica da espuma ( Vídeo demonstrativo no site ). O tratamento por esta técnica é feito pela injeção de uma substância que provocará o fechamento do vaso sem causar dano fora deste com praticamente ausência de dor pós procedimento.

Em relação ao pós procedimento recomendamos de rotina o uso de meia elástica própria para cirurgia. A paciente já sai da mesa cirúrgica com as meias elásticas, ficando por 48 horas seguidas com as meias , inclusive nos banhos, pois as meias são desenvolvidas para serem molhadas e enxugadas depois. Após este período, retiram-se as meias e curativos , lavam-se as pernas  e volta-se a usar as meias apenas durante o dia.

E em relação ao repouso , recomendamos que se faça uma alternância entre permanecer deitada e em pé. Normalmente o período é de 1 hora para cada, variando segundo a sensibilidade e resistência de cada paciente. Aqui o mais importante é não exagerar, pois muito tempo em pé pode provocar algum desconforto ( Dor, Inchaço ) e muito tempo deitada pode aumentar o risco de trombose ( Trombose venosa profunda ) pela dificuldade de circulação quando se está deitada.

Aqui é importante que se diga que todas estas recomendações variam entre os médicos e que o mais importante é seguir as recomendações do seu médico assistente.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *